>

Qual a importância de se manter o carburador limpo?

O que é o carburador e qual a sua função?

O carburador é uma peça responsável por dosar a quantidade de ar e combustível que chegam ao motor, além de fazer as mistura de ambos, alimentando o motor de combustão para que a queima de combustível ocorra corretamente.

É uma peça importante, pois, se houver ar demais, o motor pode perder potência, e ar de menos causa afogamento no motor por excesso de combustível. Em ambos os casos, há perda de combustível (e de dinheiro, consequentemente) e de rentabilidade do seu veículo.

Embora os modelos mais recentes de carros e motos tenham tido o carburador substituído pela injeção eletrônica, que cumpre a mesma função, ainda é comum encontrá-lo nos motores mais antigos e por isso é importante saber lidar com ele.

O ar é sugado pelo pistão e passa pelo difusor em alta velocidade, até que chega ao carburador. Lá, é dosada a quantidade de ar que o motor precisa. É uma peça eficaz, mas de funcionamento totalmente mecânico e tão antiga quanto o próprio carro, então não é muito moderna.

O carburador faz o controle para que a alimentação de ar e combustível no motor do carro seja feita na proporção correta.

Embora atualmente seja cada vez mais difícil encontrar motos assim, os modelos mais antigos também contavam com carburador (as motos atuais também receberam injeções eletrônicas). Algo interessante a se comentar é que, quanto maior a cilindrada da moto, maior será o carburador em seu motor. Isso acontece porque essas motos precisam de mais potência e, portanto, de um carburador maior também.

Explicando um pouco melhor, na base do carburador há uma peça chamada borboleta. Ela se abre proporcionalmente à pressão que você faz ao pisar do acelerador. Quanto mais você pisa, mais a borboleta abre e mais ar vai para o carburador, e maior é a potência do veículo. Afinal, nesse caso, uma queima grande de combustível significa uma grande potência.

No caso das motos, elas precisam de um carburador que consiga garantir a potência para a qual elas foram planejadas. O tamanho, no entanto, nem sempre é sinônimo de mais potência: algumas empresas conseguem fazer com que os carburadores pequenos sejam tão potentes quanto os carburadores maiores – ou até mesmo mais potentes.

Não pense que aumentar o tamanho do carburador é a solução para aumentar a potência do seu carro, pois isso levaria mais ar do que o necessário para o motor e, pelo contrário, causaria o problema da falta de potência.

Quando o carburador não está funcionando bem, seja por causa do tempo de uso ou por qualquer outra razão, o veículo dá alguns sinais. Veja alguns exemplos:

Ele engasga em marcha lenta ou em alta velocidade. Nessas situações, o carburador pode estar vazando por vários motivos. Pode acontecer também de o motor não dar a partida, o que pode indicar que seu carburador está desregulado ou que alguma peça esteja danificada. E se o motor acelerar demais? Sinal que seu carburador precisa de limpeza.

Qual a importância de limpar o carburador?

Como você já viu, o carburador é muito importante para o bom funcionamento do carro ou da moto. Por isso, ele deve estar sempre em bom estado e bem regulado, para que não haja problemas com ele, com o motor ou com qualquer outra parte do seu veículo.

Para manter seu carburador em bom estado (e o veículo de forma geral), é preciso levar seu carro ou moto para uma revisão no mecânico com regularidade. Mas, além disso, também é preciso limpar o carburador. A limpeza contribui para a manutenção de todas as peças.

Antes de começar, apenas desmonte e limpe as peças que você sabe mexer, para não correr o risco de estragar nada. Se não souber fazer isso, converse com seu mecânico. Pode acontecer de algumas peças precisarem ser substituídas para melhorar a capacidade do carburador.

Se o motor começar a ter combustível insuficiente e/ou seu carburador começar a afogar, é hora de checar a agulha e a boia do carburador. Em primeiro lugar, certifique-se que elas estão bem instaladas e ajustadas. Também verifique se não há rachaduras, furos, etc.

O carburador é uma das peças que mais dá problema nos carros antigos, porque muitas vezes não recebe os cuidados necessários e porque não está preparado para os combustíveis de hoje em dia.

A limpeza é muito importante, não apenas porque faz com que você economize bastante dinheiro com combustível, mas também porque contribui com sua segurança. Um carburador limpo pode até evitar um princípio de incêndio.

O ideal seria fazer a revisão e a limpeza dele a cada seis meses, em média. Isso impede corrosão interna, ressecamento do diafragma (com isso, a peça pode trincar, causando um vazamento de combustível que é capaz de gerar até mesmo um incêndio), ressecamento das juntas e vários outros problemas.

Apesar do que muitos pensam, a limpeza do carburador não é uma atividade complexa de se realizar.

Os carburadores de carros antigos foram preparados para lidar com o etanol, mas a gasolina atual tem um teor de álcool muito alto para essa peça. Isso faz com que se crie uma película de gel transparente em volta dele, o que com o tempo dificulta sua regulagem.

Como limpar o carburador de uma moto?

Não é tão difícil quanto parece: basicamente, é só desmontar e depois remontar algumas peças. Desde que você conheça os componentes com os quais está lidando, isso não será problema.

Em primeiro lugar, observe se sua moto está desligada e em um lugar plano. Retire a tampa que protege os equipamentos principais (motor, bateria, etc.). Você pode achar o carburador na parte de trás da moto, é uma peça com um formato semelhante a um coração.

Registre por meio de fotos ou anotações a forma que ele está colocado, para que não haja erro na hora de colocá-lo de volta no lugar. Antes de tirá-lo de lá, não se esqueça de desligar a alavanca do tanque reserva de gasolina.

Para retirar o carburador, confira se você abriu todas as conexões: cabo de eletricidade e do acelerador, mangueira da gasolina, braçadeiras de entrada e saída de ar. Quando extraí-lo, não se esqueça de tirar mais fotos para saber como remontá-lo mais tarde.

Tire a tampa que estiver presa com dois parafusos, um na parte de cima e outro na de baixo. Tenha cuidado com ela e com as peças pequenas do carburador, porque são muito frágeis.

Para a limpeza, use uma escova de dentes velha e desengraxante biodegradável. Esse produto é ótimo, pois não agride o ambiente, é solúvel em água (não se deve usar água no carburador, mas você poderá limpar o desengraxante que ocasionalmente pingar em outros lugares), não é perigoso para quem manuseia e funciona bem mesmo com aquelas limpezas mais pesadas. Se você não tiver desengraxante biodegradável, pode coletar um litro de gasolina para fazer isso.

Passe a escova de dentes e os dedos com o desengraxante pelas peças e depois deixe-as secando sobre um papel, atentando para que as partículas do ar não caiam ali. Para as peças de plástico, limpe com um pano úmido e depois seque bem com um pano seco antes de remontar a peça.

Com a ajuda das fotos e anotações que você fez, agora é só colocar as partes do carburador no lugar e depois colocá-lo de volta na moto. Prenda-o outra vez às ligações dele e pronto, o problema está resolvido!

Esperamos que este artigo tenha que ajudado a entender o que fazer! Tem mais alguma dica? Comente aí embaixo, e não se esqueça de compartilhar em sua redes sociais.

Share

Comments are closed.