>

Limpeza de tanques: como fazê-la?

A limpeza de tanques industriais é de extrema importância para sua manutenção, conservação e higienização. Afinal, estamos falando de reservatórios que costumam armazenar, muitas vezes, substâncias químicas e tóxicas.

Uma fábrica que trabalha com produtos desse nível, normalmente, precisa manter quantidades estocadas de produtos químicos especiais, abrasivos e tóxicos, seja para pesquisa, para oferta a outras empresas ou para uso interno durante a produção.

Sendo assim, o acúmulo de sedimentos no fundo desses enormes reservatórios, que basicamente são constituídos de óleo, água e outros resíduos sólidos, reduz consideravelmente sua capacidade volumétrica de armazenamento.

Além disso, a limpeza dos tanques cria um ambiente seguro e livre de contaminações não só nas indústrias químicas, mas também nas indústrias de alimentos, bebidas e farmacêuticas, por exemplo. Com esse processo, a qualidade do produto final desenvolvido é aumentada.

Profissionais realizando a limpeza de tanques industriais.

Como é feita a limpeza de tanques?

A remoção de resíduos nos tanques industriais deve ser feita por uma equipe especializada, já que os reservatórios são amplos e fundos. Esse processo pode ser realizado de duas maneiras: manualmente ou através de um sistema mecanizado.

O processo manual deverá contar com profissionais treinados e experientes, levando em consideração todo o cuidado necessário com a saúde dos mesmos. Por isso é obrigatório o uso de equipamentos modernos para a realização da limpeza nos tanques.

Além disso, todos os produtos utilizados devem ser aprovados pela Anvisa. Dessa maneira, a qualidade dos produtos finais desenvolvidos nesses equipamentos não será alterada ou prejudicada. E os profissionais estarão tranquilos para fazerem um excelente trabalho.

Já o sistema mecanizado utiliza controle remoto em áreas específicas, substituindo o profissional dentro do tanque. Além de evitar sua maior exposição aos resíduos contaminados, o uso dessa tecnologia age em prol da redução do tempo gasto para a finalização do serviço de limpeza desses tanques industriais.

Para áreas de difícil acesso e visualização, o Mini Dozer é a opção mais adequada. A ferramenta encontra-se equipada com câmera de vídeo, o que possibilita ser totalmente operada por controle remoto em locais onde o contato visual não é possível.

Limpeza por hidrojateamento e autovácuo

O procedimento de limpeza por hidrojateamento e autovácuo consiste em retirar a sujeira com água despejada através de potentes jatos. A alta velocidade da água gera uma pressão que remove o resíduo acumulado sem danificar os reservatórios.

Esse serviço é muito utilizado em áreas de riscos das indústrias e em locais confinados, além de lugares em que não podem ser utilizados poeira, vidro e granalha de aço por questões poluentes e/ou por conta de doenças profissionais.

A difícil arte de limpar um tanque industrial manualmente.

O que é feito com o material removido do tanque?

Os resíduos gerados são bombeados com caminhões-vácuo para caminhões-tanque, sendo transportados e destinados adequadamente. O mesmo acontece com resíduos sólidos, com o acondicionamento em big bags, carregando-os em caminhões carga-seca (ou poliguindaste) e então destinados conforme sua classificação (classe I ou II).

Em muitos casos, o destino dos resíduos retirados dos tanques passa por um processo de homogeneização e centrifugação antes de ser descartado. Isso ocorre para que não haja problemas futuros, como situações que gerem danos ao meio ambiente.

A necessidade desse processo ocorre porque o material removido pode apresentar variações em termos de densidade, viscosidade e granulometria.

A homogeneização é um processo que pode ser realizado pela empresa de limpeza de tanques anteriormente ao envio do material para a centrífuga. Essa situação contribui para o melhor desempenho da separação de fases.

No homogeneizador ocorre o peneiramento, a mistura ou agitação mecânica e a adição do produto químico. Sendo necessário, possui também serpentina para aquecimento.

A centrífuga pode ser do tipo decanter bifásica, onde ocorre a separação do sólido e do líquido (água/óleo), ou decanter trifásica, onde ocorre a separação do sólido, da água e do óleo.

É importante destacar que todo resíduo gerado nesse processo deve ser coletado, armazenado e destinado de forma ambientalmente correta e economicamente viável de acordo com a característica físico/química do resíduo.

Quais exigências da SMS devem ser seguidas?

Os requisitos gerais de SMS (Segurança, Meio Ambiente e Saúde) contam com certas exigências no intuito de definir os deveres e as responsabilidades cabíveis às empresas, além de estabelecer as devidas orientações e procedimentos para essas atividades.

Vejamos abaixo quais são essas exigências:

  • Trabalhadores e supervisores de entrada treinados em NR-33 (Trabalho em Espaços Confinados), com ASO’s (um dos documentos da Medicina do Trabalho mais importantes) válidos;
  • Abertura de Permissão de Trabalho (PT) e Joint Staff Assessment (JSA);
  • Apresentação dos certificados de toda a equipe no momento da entrada;
  • Identificação dos funcionários em lugar visível;
  • Aparato de operação para a equipe, incluindo EPI completo (traje Tyvek);
  • Fornecimento de placas de sinalização e aviso de área restrita com fitas de segurança;
  • Ventilação forçada;
  • Luminária 24 volts;
  • Vigia em standby;
  • Equipamentos certificados e aptos.

E se você tiver mais informações sobre limpeza de tanques industriais ou quiser entender um pouco mais sobre esse processo, aproveite a oportunidade e compartilhe seus comentários com a gente e acompanhe nossas postagens.

 

Share

Comments are closed.