>

Incrustação: o que é e como eliminá-la das tubulações?

O que são incrustações em tubulações?

Incrustações nas tubulações são inevitáveis. Mais cedo ou mais tarde, costumam aparecer no interior das tubagens. Trata-se de impurezas variadas que vão se formando no interior do encanamento, impedindo o fluxo de líquidos e provocando entupimento.

As incrustações nas tubulações são provocadas pela chamada água dura, rica em substâncias que se tornam sólidas com o passar do tempo.

Normalmente, a chamada água dura (com sais de cálcio e magnésio na forma de carbonatos, bicarbonatos, cloretos, sulfatos e nitratos) é uma das maiores responsáveis por este fenômeno. Sólidos que precipitam também costumam se misturar, agravando o problema.

Eles podem aparecer em formas microgranulares, moleculares ou ionizadas. Mas sempre são levados através de líquidos.

As substâncias presentes na água dura se cristalizam, produzindo impurezas sólidas e, em muitos casos, difíceis de serem retiradas. O líquido apresenta essa característica ao se movimentar no subsolo, principalmente em regiões que apresentam rochas calcárias.

A partir de agora, você saberá um pouco mais sobre incrustação nas tubulações e conhecerá maneiras de como se livrar desse problema da forma mais viável para o seu tipo de tubulação.

O que contribui com as incrustações?

Mesmo que seja um processo relativamente natural, alguns fatores favorecem o aparecimento de incrustações. Um deles é em locais onde a pressão não seja constante, muito comum em fluxos que necessitam passar por alguns obstáculos e válvulas e saídas de água, como torneiras e chuveiros.

Os cristais de cálcio, provocados pela chamada água dura, aparecem de maneira mais rápida e proeminente quando há uma queda muito abrupta de pressão. Aquecedores e caldeiras são alguns dos locais onde isso é muito frequente.

Problemas gerados pelas incrustações

As incrustações nas tubulações podem parecer inofensivas a princípio, mas, se não forem prevenidas, podem causar muitos transtornos e problemas que podem afetar a rotina de uma empresa ou residência.

Em casos graves, as impurezas impedem a água de circular livremente pelo cano, causando muitos problemas e incômodos, além de outras consequências negativas.

Para começar, as impurezas impedem os líquidos de passarem normalmente pelo encanamento. A principal consequência disso, como já mencionado, é o entupimento, que por si só já causa muita dor de cabeça.

E os prejuízos não param por aí. Em encanamentos feitos de ferro, a ferrugem aparece facilmente e, se o problema não for cuidado, evolui para a corrosão. A pressão da água também é reduzida, pois as incrustações nas tubulações provocam a diminuição do diâmetro.

Em encanamentos de água potável, a sujeira pode favorecer o aparecimento de bactérias. Logo, também tem um resultado que afeta diretamente a saúde de todas as pessoas que vivem, trabalham ou visitam a casa ou edifício.

Os sistemas de água quente perdem a energia, exigindo mais dos equipamentos para aquecer a água até o nível desejado. Isso gera aumento no consumo de energia elétrica e, consequentemente, um custo mais alto na conta de luz, gerando mais despesas.

Os reparos no encanamento serão muito mais frequentes, bem como nos equipamentos industriais e também comerciais. Os gastos não se limitam apenas a eletricidade.

Tudo isso tem um resultado muito direto: a queda da produtividade, quando a incrustação nas tubulações atinge imóveis comerciais. Os prejuízos são incalculáveis.

Muito comum em sistemas de abastecimento de água, o encanamento de ferro fundido pode sofrer com o problema da incrustação. Com o passar dos anos, começa a haver vazamentos nas juntas e a qualidade da água é seriamente prejudicada. Por isso, manutenções periódicas e de prevenção são essenciais.

Esse tipo de tubulação também torna mais fácil o aparecimento de ferro insolúvel, que formam tubérculos em função de bactérias oxidantes.

Quais os principais métodos de limpeza em tubulações?

Para acabar de vez com as incrustações nas tubulações, o mais recomendável é limpá-las de tempos em tempos. Não existe uma única maneira de realizar o procedimento, por isso pode-se escolher aquela que mais se adapta ao imóvel, rotina e ao próprio encanamento.

Há diversos métodos de limpeza de tubulação. O melhor depende das características do encanamento, do imóvel, grau de sujeira e rotina dos frequentadores

Fatores como diâmetro da tubulação, fluido operacional e risco de contaminação também são determinantes no momento de se escolher o melhor método.

Normalmente, grandes empreendimentos contam com um Plano de Limpeza de Tubulações, no qual é definida a maneira de limpeza em cada malha de tubulação. Em alguns locais que contam com encanamento heterogêneo, é possível usar mais de um modo de limpeza.

O Plano prevê também quais são as válvulas que estarão abertas ou fechadas, bem como os recursos que estarão à disposição no momento da higienização e o que será removido durante o processo.

Veja agora quais são os principais métodos de limpeza e remoção de incrustação em tubulações e escolha o que estiver mais de acordo com o sistema de seu imóvel.

Com esferas de limpeza

Essas esferas, feitas em borracha ou poliuretano (similar às esponjas de lavar louça), são ideais para a higienização de locais que não são alcançados com as mãos ou outros instrumentos. As unidades esponjosas são também chamadas de pigs, aliás, essa denominação é bastante popular.

Para a remoção de incrustação nas tubulações, você pode escolher entre diversos tamanhos de esferas, dependendo do raio de cada cano.

Essa maneira de limpeza não é apenas eficaz em função das esferas. A aplicação também é muito importante para o sucesso do procedimento. Há uma ferramenta que as lança, provocando uma grande pressão, facilitando a remoção das impurezas. O mesmo instrumento também é responsável pela remoção dos equipamentos.

O material é bem resistente e durável, além de flexível. Logo, a vida útil desses instrumentos costuma ser bem longa.

As esferas de borracha ou poliuretano também são usadas durante a montagem da tubulação, com o objetivo de remover qualquer sujeira deixada nessa etapa, evitando a contaminação da água.

Sopragem de ar

Como o próprio nome diz, consiste em aplicar uma forte pressão de ar no encanamento, o suficiente para a remoção de todos os resíduos e limpando de vez as incrustações nas tubulações. É bem usado para complementar a higienização realizada com esferas de borracha ou poliuretano.

No entanto, alguns setores têm resistência a esse tipo de limpeza, pois normalmente os próprios funcionários são responsáveis pela sopragem. Dessa forma, não há normas técnicas que a regulamentam e o procedimento é feito de acordo com conhecimentos anteriores ou instruções dadas pelo fabricante da tubulação.

Também não há um planejamento de limpeza, sendo cada ação avulsa e sem garantia de que realmente terá sucesso.

A única norma existente para a limpeza de tubulações através da sopragem de ar é uma estabelecida pela General Electric, para a limpeza de seu próprio encanamento.

Flushing

É um método de remoção de incrustações nas tubulações na qual o próprio fluxo que passa pelo encanamento é um dos agentes responsáveis pela sua limpeza.

Para auxiliar nesse processo, um fluido hidráulico autolimpante e sem muita viscosidade é colocado no encanamento, com controle de temperatura, pressão e energia. Dessa maneira, é possível remover de forma eficiente tanto a sujeira pastosa quanto a sólida – nesse caso, as próprias incrustações.

Diferentemente do processo realizado por sopragem de ar, pode-se avaliar, ainda durante o procedimento, se tudo está feito da forma mais adequada para o tipo de tubulação e imóvel.

No entanto, o flushing ainda conta com restrições. Como ele conta com o próprio fluido do encanamento, seu uso é mais indicado para tubulações que não correm o risco de contaminação. Portanto, verifique minuciosamente antes de adotar essa técnica.

Mecânica

De todos os procedimentos descritos, é a que mais usa a mão de obra humana, pois é normalmente realizada em encanamentos com diâmetros grandes o suficiente para a entrada de uma pessoa.

Os equipamentos mais usados são escovas rotativas, responsáveis por limpar todas as impurezas, inclusive as incrustações nas tubulações. Esses instrumentos são feitos de material bem resistente, com fio duro, garantindo o sucesso do procedimento.

Água

Algumas tipos de tubulações inviabilizam a limpeza com instrumentos, como as esferas, por exemplos. Por isso, nada melhor do que usar a água para alcançar excelentes resultados.

A água é bastante eficaz no processo de limpeza e seu efeito é potencializado com a ação de produtos biodegradáveis e de alta qualidade, como os da TS Ambiental.

Para isso, é preciso que o líquido esteja em uma velocidade de no mínimo 3 m/s. Evidentemente, tudo deve estar compatível com a adoção da água como instrumento de limpeza.

As principais vantagens deste método são:

  • Rapidez – A limpeza é bem direcionada, indo direto às incrustações em cada tubulação;
  • Sustentabilidade – Não há uso de produtos químicos que prejudicam o meio ambiente, bem como soluções que levam cloro em sua composição. Dessa maneira, não há riscos de formação de compostos pós-desinfecção;
  • Praticidade – Não há a necessidade de desmontar o encanamento. O procedimento é realizado no próprio local, sem grandes dificuldades;
  • Facilidade – Praticamente qualquer sistema de encanamento pode usar este método, como os que demandam água potável, trocadores de calor e industriais. As restrições são nulas.

Muitas vezes, a água, sozinha, não atinge resultados plenos, principalmente quando já há um estágio avançado de incrustação nas tubulações. Por isso, alguns produtos podem ser usados para complementar os efeitos e atingir os objetivos esperados.

Química

Em muitos casos, de acordo com o tamanho do problema – nesse caso, as incrustações nas tubulações – é necessário usar um produto especial e muito eficaz na remoção de toda a sujeira. Para esses serviços pesados, um desengraxante é a solução ideal. A TS Ambiental conta com um produto de altíssima qualidade, pensado justamente para as limpezas mais pesadas.

Como produto biodegradável – cujas moléculas são dissolvidas na natureza integralmente –, não causa danos ao meio ambiente e nem à tubulação de suas instalações, podendo ser usado em locais por onde passa água potável, por exemplo. Possui taxa de biodegradação de 85% (contra 45% de produtos similares) e pH neutro.

A retirada de incrustação em tubulações não ganha apenas maior eficácia com o uso do desengraxante. Ao mesmo tempo em que não tem uma formulação tão pesada, o produto rende e pode ser um excelente substituto para qualquer tipo de solvente.

Um outro fator que confirma a importância do produto é a sua economia. Dependendo da aplicação e do nível de sujeira, pode ser apenas 1% de solução (1:100 em água). Isso sem perder suas propriedades e atuando de maneira ágil e ativa na remoção de sujeiras oleosas e sólidas.

O desengraxante da TS Ambiental é notificado na Anvisa. Dessa maneira, não há riscos maiores em relação à sua inalação ou toque acidental. Independentemente do tipo de sujeira e porte do encanamento, as pessoas que manipularem a solução não terão a saúde afetada.

Como consequência, todos ganham: os responsáveis pela limpeza, pois terão melhores condições de trabalho, e a empresa, que oferecerá serviços de maior qualidade para serviços e demais frequentadores. É realmente uma solução poderosa e que traz benefícios incalculáveis.

Portanto, quando precisar remover incrustações em tubulação de qualquer espécie, considere o uso do desengraxante da TS Ambiental. Você verá que não é preciso danificar as peças e nem mesmo arriscar da saúde de quem estiver limpando-as. Tudo poderá ser feito de maneira prática e eficiente, sem maiores problemas e melhorando, inclusive, o ambiente de trabalho.

Para saber mais sobre soluções de limpeza não só para tubulações, como também maquinários em geral, automóveis e motos, não deixe de ler os outros textos do blog. Com conteúdo claro e objetivo, você tem dicas valiosas para simplificar o seu dia a dia, com produtos de qualidade certificada e que não prejudicam os objetos a serem higienizados e muito menos a sua saúde.

Evidentemente, o meio ambiente também aumenta essa lista, pois uma preocupação da TS Ambiental é a sustentabilidade.

Também acesse o site sempre, para acessar conteúdo novo e exclusivo. Não se esqueça de comentar em caso de dúvidas ou para relatar experiências com retirada de incrustações em tubulações. Sua participação é importante para esclarecer outros leitores e avaliar este trabalho.

Share

Comments are closed.