>

Como montar um cronograma de limpeza ideal para a sua empresa?

Manter o ambiente de trabalho limpo é sinônimo de conforto e saúde para todos os que frequentam o local, mesmo quando se trata de locais que lidam com grandes quantidades de sujeira diariamente. Tão importante quanto, é elaborar e seguir um cronograma de limpeza para uma indústria.

A limpeza dificulta a ação de vírus, bactérias e fungos, diminuindo o risco de contração de doenças para todos que passam boa parte do dia no setor.

Também vale mencionar a eliminação de qualquer odor desagradável, a diminuição e até eliminação de acidentes causados por quedas provocadas por sujeiras escorregadias.

A partir de agora, você saberá a importância de um cronograma de limpeza industrial e também como montar um que seja realmente eficiente para o seu ramo de atuação e rotina.

Por que o cronograma de limpeza é essencial para a sua empresa?

Primeiramente, obedecer uma agenda que determina a execução e conclusão de cada atividade é importante para que tudo seja devidamente cumprido. Além disso, é como se fosse um manual de instruções do conjunto de atividades.

Se não houver um norte, será difícil manter um padrão, mesmo porque uma indústria normalmente é espaçosa e demanda uma equipe para a realização de tudo o que for preciso.

O cronograma de limpeza industrial também serve como guia para o gestor, que pode supervisionar muito mais facilmente todo o trabalho realizado. Pode verificar também o que está sendo feito corretamente e o que precisa ser corrigido, antes mesmo da conclusão das atividades.

Um recurso bastante utilizado nessa etapa é o checklist, uma lista de tudo o que precisa ser feito em um determinado período estabelecido pela própria gerência. Algumas ações precisam de atenção diária, outras podem ser realizadas semanalmente ou mensalmente. Isso varia de acordo com cada empresa.

Como montar o cronograma de limpeza industrial ideal?

Como já mencionado, ao montar esse cronograma, deve-se levar em consideração a periodicidade com que cada ação precisa ser feita. Algumas delas são diárias, principalmente locais que recebem um grande fluxo de pessoas todos os dias.

Mesmo com as necessidades especiais de cada empresa, algumas ações podem ser generalizadas para todas elas ou para um determinado setor industrial. A seguir, você acompanhará algumas atividades que podem ser aplicadas a alguns segmentos comuns de fábrica.

Diariamente

Para os serviços que têm necessidades diárias, o exemplo a ser mostrado será o cronograma de limpeza da indústria alimentícia. Com resíduos de ingredientes ou do produto pronto, é natural que o volume de sujeira seja alto.

A indústria alimentícia deve ter um cronograma muito bem-feito, por lidar com resíduos diariamente.

Essa tarefa demanda uma mão de obra que realmente conheça esse tipo de empresa e que seja experiente e capacitada em higienização industrial nesse segmento.

Deve-se seguir, também, as normas da APPCC (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle), que determinam, entre outras regras, o uso de uniforme especial para o procedimento. Os itens mais comuns são toucas, luvas e bigodeiras. Ainda de acordo com a entidade, perfumes, cremes e joias são proibidos.

Os produtos utilizados na limpeza devem estar de acordo com a Anvisa. Assim, não há risco de contaminação de equipamentos e, consequentemente, de alimentos e ingredientes.

Veja o cronograma de limpeza diária da indústria alimentícia:

  • Banheiros masculinos e femininos;
  • Cozinhas e refeitórios;
  • Equipamentos que preparam os alimentos;
  • Entrada e recepção da indústria, bem como áreas comuns, tanto chão quanto móveis;
  • Retirada do lixo.

Confira agora o que se deve fazer todas as semanas em um outro segmento industrial.

Semanalmente

Normalmente, uma vez por semana se dá uma faxina em todas as instalações. Porém, dependendo do cronograma de um determinado tipo de indústria, algumas ações que normalmente são realizadas uma vez por mês, por exemplo, precisam de mais frequência.

O exemplo dessa periodicidade será da indústria mecânica/metalúrgica. Veja agora algumas especificidades desse segmento e o cronograma de limpeza semanal.

Ter uma equipe capacitada e com conhecimento no setor é fundamental para o sucesso do trabalho.

Para seguir fielmente o cronograma de limpeza industrial estabelecido, é importante, assim como citado no tópico anterior, contar com uma equipe experiente e que tenha ciência das necessidades específicas.

Cada pessoa responsável também deve saber manusear os produtos envolvidos nesse procedimento, bem como o maquinário e os equipamentos que precisam ser limpos.

É comum usar dióxido de carbono e gelo seco para higienização desse tipo de empresa.

Veja o que pode fazer parte do cronograma semanal de limpeza da indústria mecânica e metalúrgica:

  • Salas de armazenamento (máquinas e arquivos);
  • Escadas;
  • Elevadores;
  • Móveis como prateleiras e estantes;
  • Paredes – para alguns setores, este item requer atenção apenas mensal, mas para a metalurgia é essencial que se faça uma vez por semana;
  • Estacionamento e/ou garagem;
  • Locais altos;
  • Corredores;
  • Alguns tipos de máquinas.

A seguir, confira o que pode constar no cronograma mensal de limpeza na indústria.

Mensalmente

Para esta periodicidade, o exemplo dado é o de uma indústria farmacêutica. Você verá a seguir algumas ações bem específicas que precisam ser feitas e o que deve estar no cronograma de limpeza industrial a cada 30 dias.

Para este segmento, é importante seguir os padrões de segurança e sanitários. Os produtos e equipamentos utilizados neste procedimento devem ser certificados pela Anvisa.

Na indústria farmacêutica, os equipamentos utilizados na limpeza, bem como os produtos, não podem contaminar matérias-primas, produtos prontos e maquinário em geral.

Por lidar com substâncias químicas, um passo importante é esterilizar e livrar todos os equipamentos de contaminação. Normalmente, a produção é paralisada parcial ou totalmente. Não há possibilidades de se fazer um serviço bem-feito sem essa condição.

É importante também que tudo seja feito por pessoas qualificadas e experientes nesse setor, pois as atividades normais, na maioria das vezes, precisam ser retomadas o mais rápido possível. Se o cronograma de limpeza industrial for seguido sem contratempos, o risco de haver atraso é minimizado ou até anulado.

Veja agora algumas ações de higienização que podem ser feitas uma vez por mês na indústria farmacêutica:

  • Limpeza das paredes, portas e janelas (a estrutura, pois os vidros precisam de maior frequência);
  • Limpeza interna dos armários, estoque e despensa;
  • Higienização de locais altos e pouco frequentados por pessoas.

A seguir, você confere quatro dicas para obter sucesso não só ao montar o cronograma de limpeza na indústria, como também para que esse procedimento seja feito da melhor maneira.

4 dicas imperdíveis para limpeza industrial satisfatória

Como já mencionado, a limpeza industrial é importante não só para manter as instalações higienizadas, como também para não haver riscos à saúde de toda equipe. Logo, esse é um trabalho extremamente importante e que deve ser feito com bastante atenção.

Também vale a pena citar o alcance de um ambiente de trabalho mais favorável e agradável apenas por estar nele.

A partir de agora, confira quatro dicas para que o seu cronograma de limpeza industrial esteja realmente de acordo com as necessidades de sua empresa.

1 – Divida o processo em etapas

Realizar tudo ao mesmo tempo pode confundir a equipe e ter uma consequência nada boa: que alguma ação deixe de ser feita em função da simultaneidade das atividades.

A limpeza deve ser feita por etapas, para que o resultado final seja satisfatório e não haja problemas posteriores.

Por isso, é importante até mesmo especificar no cronograma a ordem exata das ações que precisam ser feitas em um mesmo dia ou fase. Assim, nada é deixado de lado.

Para se obter sucesso, é importante começar com uma higienização acentuada da sujeira visível, de tudo o que estiver programado para aquele momento. Dessa maneira, leva-se em conta também as ações diárias, semanais e mensais, como já explicado anteriormente.

Após a retirada de todas as impurezas mais aparentes, o momento é de limpar o que estiver mais escondido e também fazer a desinfecção de todos os locais limpos nesta fase.

Um outro motivo pelo qual a limpeza por etapas se mostra muito eficaz é para se ter a certeza de que tudo estará higienizado e livre de infecções. Alguns produtos são muito bons para auxiliar na remoção da sujeira, mas não foram feitos para livrar o ambiente de infecções e vice-versa.

Além de ter um serviço integral, a saúde de todos os colaboradores e demais frequentadores agradece.

2 – Verifique as necessidades de sua empresa

Existem várias formas de se limpar um ambiente industrial. Você deve definir anteriormente qual é a forma mais conveniente para a sua empresa, pois esse é um passo importante para que a operação seja bem-feita.

Em algumas indústrias, a produção não pode parar. Em função disso, um planejamento é fundamental.

Para começar, a higienização pode ser feita manualmente – com energia mecânica – ou de forma automática – energia térmica e química. A melhor maneira varia de acordo com o porte da empresa, assim como seu nível de sujeira.

Também se pode desmontar todas as máquinas a serem limpas, dando uma atenção para cada peça, ou, em caso de locais cuja produção não pode ser paralisada, optar pelo sistema clean in place. Nele, um produto líquido é colocado no interior da máquina, que passa por todas as peças, limpando sem a necessidade de desmontá-la.

Pode haver um receio com esse sistema e também de inseri-lo no cronograma de limpeza industrial, mas é importante salientar que os produtos usados são diferentes. Concentrados e concebidos especialmente para este fim, cumprem muito bem o seu papel.

3 – Evite acúmulo de impurezas

Essa pode ser considerada uma das principais vantagens do cronograma de limpeza industrial. Com uma periodicidade definida e sabendo o que vai ser feito em um determinado intervalo de tempo, a possibilidade de acúmulo de sujeira é muito mais remota.

Caso haja acúmulo de impurezas, é necessário retirá-las para, em seguida, implantar um cronograma definitivo de limpeza industrial.

Mesmo que a princípio a higienização regular não possa parecer tão importante assim, ela deve ser considerada prioridade e este costuma ser um engano ainda cometido por muitos empreendedores.

Se o seu negócio tem uma quantidade maior de impurezas do que o normal, cumpra a etapa 1 desta lista e organize tudo por etapas.

Faça um cronograma de limpeza industrial específico para remover o excesso de sujeira e, quando a situação já estiver normalizada, um outro para manter a rotina de limpeza e não permitir que os níveis retornem ao de antes.

4 – Tenha cuidado com a segurança

Não são só os produtos de limpeza e todas as etapas já citadas que merecem um lugar especial no cronograma de limpeza da indústria. A segurança é tão importante quanto.

A segurança é fundamental durante toda a duração do processo de limpeza e não pode ser descuidada em momento algum.

Quaisquer objetos que ofereçam algum risco, como cabos, fios e até mesmo maquinário que esteja ligado podem oferecer perigo às pessoas responsáveis pelo processo de limpeza.

Medidas de segurança evitam acidentes e, consequentemente, transtornos para a direção da empresa. Afinal, ninguém deseja passar por isso.

E se a segurança é uma das vantagens de se manter o ambiente laboral limpo, a mesma importância se deve dar a esse atributo no cronograma de limpeza industrial e durante todas as etapas do processo.

Você acabou de ter um guia completo sobre limpeza na sua indústria e pode começar desde já a aplicar esses conceitos, de acordo com a sua realidade. Mesmo que alguns setores tenham servido como exemplo, todas as informações são válidas para qualquer segmento e porte de empresa.

Vale também lembrar que a sua própria equipe pode ser responsável pelo cumprimento dessas atividades ou uma empresa terceirizada.

E se você precisa saber mais sobre produtos específicos para este fim, entre em contato. A TS Ambiental conta com produtos de altíssima qualidade, desenvolvidos de acordo com as resoluções da Anvisa e que trazem excelentes resultados.

Nos outros textos do blog, você poderá ter acesso a artigos sobre limpeza de outros equipamentos, não menos importantes. Também fique de olho nas atualizações do site e veja conteúdo atualizado e exclusivo.

Comente em caso de dúvidas. Sua participação é muito importante.

Até a próxima!

Share

Comments are closed.